Sobre o spin-off “Habentis Maleficia”

Faz algum tempo que comecei a postar o primeiro spin-off desse universo. Habentis Maleficia conta a história de Franziska Hansen. O enredo remonta ao século XVIII, numa região interiorana e remota da Itália. Franziska é uma personagem importante de Coexistência, embora sua primeira aparição só ocorrerá no arco final da história. O que me impulsionou a escrevê-la, foi a vontade de criar algo envolvendo bruxas, e, principalmente, com um tom mais obscuro e cruel. Não é necessário ler uma para entender a outra. Apesar de ambas compartilharem o mesmo universo e alguns personagens, seus enredos não estão diretamente conectados, e portanto, não são dependentes.

Abaixo está o link, sinopse e demais especificações da história:

Habentis Maleficia

HMCAPADARK-Recovered-credits

Sinopse: Entre o céu e o inferno, um precipício mais negro que o abismo entre as estrelas nos espreita. Os filhos da luz e da escuridão o chamam de prisão; nós, de lar.

Gêneros: Fantasia/Sobrenatural, Drama, Horror, Tragédia

Posted in Uncategorized | Tagged , | Leave a comment

A História

Coexistência é a primeira original desse universo que criei. Nela, narro a trajetória de Davi Klein. É a partir do seu ponto de vista e de sua vida que o enredo começa a tomar forma. Tive a ideia de escrever Coexistência a partir de uma imagem mental fixa que me perseguiu durante muito tempo. Não irei comentar a imagem aqui, pois é spoiler, e arruinará a experiência de leitura para alguns.

Fiz diversas tentativas ao longo dos anos, para dar um enredo a essa “visão”. Todos fracassaram. Até que em fevereiro de 2014, comecei a narrar o que parecia ser o prólogo de uma shortfic. Imediatamente, uma coisa se ligou a outra, e finalmente, aquela imagem fixa me deixou em paz. Em menos de uma semana fiz o primeiro rascunho do roteiro. Fiquei uns bons meses sem nunca abri-lo novamente, até julho de 2014. Então comecei a editá-lo, ampliá-lo, detalhá-lo.

Aos poucos, passei a desenvolver melhor o universo da história, suas lendas, criaturas, sociedades. Mas, o maior desafio para mim será sempre o enredo dentro do enredo. As tramas que impulsionam a narrativa e que, quando bem interligadas, constituem o todo. A história, de fato. É muito simples ter uma ideia. Um começo, meio e fim. Mas, sem os movimentos certos preenchendo o vazio entre esses espaços, autor nenhum consegue sair do lugar. É ao passo que criamos os conflitos que a história ganha sua complexidade e essência.

Também procurei tentar algo novo nessa história, incorporando capítulos de interlúdio intercalados com a narração em terceira pessoa. A intenção é criar uma pausa e revelar um lado confessional e intimista dos personagens. Eles por si mesmos. Tem sido desafiador. Primeiro porque não tenho o costume de escrever em primeira pessoa. Já escrevi contos assim, mas a perspectiva de uma história maior é diferente, por ser mais ampla. O principal desafio para mim ao escrever os interlúdios, é conseguir transmitir a essência, a personalidade de cada personagem no texto. Seja através da linguagem ou da própria substância do contexto de cada um. Enfim.

Afora enredo, estrutura, escrita, outro desafio que Coexistência trouxe, foi o fato de que, pela primeira vez, precisei construir um universo. Bem, não exatamente inventá-lo do zero. Minha história se passa no mundo real. No entanto, há dois aspectos sobrepondo-o: o submundo fantasioso e o da religiosidade, que aqui, ganha a distinção do sobrenatural. O que precisei fazer foi criar uma organização para esses aspectos. Mas, sem dúvidas, o que mais me rendeu (e ainda rende) dores de cabeça é a configuração dos panteões judaico-cristão, egípcio e o greco-romano. Há ainda a “menção honrosa” aos panteões nórdicos, orientais e asiáticos. No universo dessa história, os deuses coexistem. Claro que para isso tive de reinventar algumas concepções clássicas, como a de criação, por ex. Enfim. Não irei de fato escrever uma história a respeito dessas criaturas, mas pretendo elaborar um texto ao estilo “gênese” apenas para referência. Mas antes, preciso ter um fechamento satisfatório a respeito disso tudo. Enfim.

Abaixo segue o link da história, a sinopse e demais especificações:

COEXISTÊNCIA

COEXNEWCOVER_lowletters

Sinopse: Aos onze anos, despido de qualquer esperança ou desejo de salvação, Davi encontra redenção nos braços da última criatura capaz de resgatá-lo daquele inferno: um demônio. Quinze anos mais tarde, o demônio retorna para o acerto de contas. Sua alma está em jogo. Davi tem duas escolhas: desistir ou render-se. Em nenhum dos caminhos ele encontrará a luz. Mas uma decisão sábia sempre irá reservar a chance do inesperado.

Gêneros: Fantasia/Sobrenatural, Drama, Mistério, Romance.

Posted in Uncategorized | Leave a comment