Shorfic “Stazione Paradiso”

Capa SParadiso

Capa que editei para a história

Recentemente, criei um grupo de desafios no Facebook chamado Semana Temática, que consiste em lançar temas para que, dentro do prazo de 7 dias, os membros o utilizem para escreverem uma oneshot ou shortfic. Se você tiver interesse, pode participar clicando aqui. Então, numa dessas semanas, o tema lançado foi “e se fosse o fim de…”. Comecei a escrever a minha história a respeito de uma exorcista francesa que, após receber uma carta de seu antigo mestre, parte de imediato para a Itália, onde começa a investigação para descobrir o paradeiro de uma pessoa importante para ela.

Essa seria a primeira original em que eu abordaria romance homossexual entre mulheres. Não seria nada avassalador, e o enfoque também não seria exatamente a relação romântica entre as duas. Mas o amor está lá. Nunca tinha escrito nenhuma história com femslash. E isso me deixou um pouco insegura, porque ao contrário do romance entre homens, com o qual já estou familiarizada, não conheço muito dos clichês, jargões e desvios indesejáveis das ficções de amor lésbico. Mas acredito que se o bom senso for mantido, as chances de cometer deslizes se tornam drasticamente menores. Enfim.

Como sempre, enrolei para conclui-la e não pude participar do desafio da semana a tempo. Escrevi quatro capítulos e agora resta um para conclui-la de vez. O quarto não está bem finalizado, porque há uma cena em específico que deixei para revisar quando já tivesse escrito toda a história. Escrever cenas de ação não é muito a minha área, então, sempre que o plot exige uma, procuro me distanciar do texto por uns dias, para só depois retomá-lo para editar, reescrever, fazer cortes, etc. Quando me exponho continuamente ao mesmo texto num intervalo curto de tempo, acabo por deixar de percebê-lo com mais “nitidez”, e muita coisa passa em branco, sem ser devidamente analisada. Por isso afastar é bom, porque faz com que a gente perca um pouco da familiaridade com o texto.

Bem, não precisava dizer (uma vez que estou postando isso aqui no blog), mas essa história faz parte do universo de Coexistência. O que eu gostei em particular ao escrevê-la, é que nela eu abordo os vampiros. Nesse mundo que criei, configurei-os um pouco diferente do usual. Nele, os vampiros são seres sem glamour, acometidas pelo vírus hominis vampyrus. A sociedade da Esfera Interior não os vê com bons olhos, e, há séculos, procura a cura para a doença. Porém, as pesquisas e antídotos foram em vão. O vírus do hominis vampyrus possui mutações que influenciam na aparência, hábitos e comportamento dos acometidos por ele. Em breve farei um post detalhando mais a respeito dessas criaturas.

Enquanto que a caça aos vampiros não é proibida, as leis dos Círculos são um tanto vagas no que diz respeito aos seus crimes e às formas de julgá-los. Há um consenso de que, desde que não haja assassinato e disseminação intencional do vírus, o indivíduo é livre para seguir sua vida normalmente, em segurança. Porém, há bandos que se organizam em cultos e recrutam novos membros, perpetuando neles, o vírus amaldiçoado. Alguns desses bandos  se organizam em grupos militantes e advogam pelo direito de serem reconhecidos pelo Grande Círculo como espécie, e não como seres amaldiçoados.

Pois é. Daí vocês me perguntam: mas o que uma exorcista está fazendo em meio a uma história com vampiros? Bom, daí é esperar para ler. Assim que eu postá-la, atualizarei este post com o link. Só me resta terminá-la. Sempre entro em crise com desfechos e fins. Minha mente tenta me dar rasteiras para prolongar o plot, mas, estou aprendendo a lutar contra isso.

Enfim, até a próxima. Os próximos posts serão a respeito do universo, sistema mágico e/ou sociedades, pois estou tentando finalizar o todos os índices dos menus do blog!

Advertisements
This entry was posted in Uncategorized and tagged , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s